Tipos de Orçamentos Empresariais

Orçamento Estático: Por que é um dos mais utilizados?

StockSnap_ASEQPBZMMX

Fonte da imagem: https://stocksnap.io

A principal característica do orçamento estático que o destaca entre os dez tipos de processos e orçamentos empresariais é a manutenção de projeções fixas independentemente de ocorrerem modificações no ambiente de atuação da empresa. Com a sua utilização, os demonstrativos orçados (Demonstração de Resultado do Exercício, Fluxo de Caixa e Balanço Patrimonial) são projetados de acordo com volumes de atividade pré-estabelecidos.

Este processo de projeção costuma ocorrer no final do ano corrente e a previsão gerada é mantida para todo o próximo período. Deve-se observar que os volumes de atividade citados não se referem necessariamente a vendas pois, devido ao conceito de fator limitante orçamentário, o ponto de início das estimativas pode ocorrer em outra etapa do orçamento empresarial.

Existem diversos fatores negativos em relação à utilização deste tipo de orçamento, sendo alguns:

  • Rigidez: o fato de não ocorrerem atualizações de acordo com os volumes de atividade correntes, faz com que as projeções orçamentárias sejam fixas e rígidas. O extremo desta prática pode levar a empresa a ficar sem condições de reação em situações inesperadas ou que não possa aproveitar oportunidades que surjam durante o seu período de vigência;
  • Possibilidade de equívocos no acompanhamento real versus orçado: um dos processos de acompanhamento de resultado mais comuns é a comparação entre os valores orçados e realizados. Esta análise pode ser prejudicada quando os volumes de atividade orçados sejam muito distintos do realizado, possibilitando que problemas inexistentes na operação sejam observados e também que outras situações de desvios reais não sejam identificadas;
  • Distanciamento entre o ambiente real de execução e o cenário planejado: se o cenário de atuação da empresa for muito diferente daquele projetado na época da  elaboração do orçamento, a relevância do acompanhamento dos valores originais pode não fazer sentido;
  • Perda de relevância no acompanhamento quando os desvios são muito significativos: caso os valores de acompanhamento sejam muito distintos dos orçados em decorrência de modificações no ambiente, pode-se perder o sentido de acompanhá-los.

Como se pode observar pelas críticas à utilização deste tipo orçamento, uma série de problemas podem ser gerados para a gestão. No entanto, ao contrário do que possa parecer inicialmente, este é um dos tipos de orçamento mais utilizados pelas empresas, o que leva ao questionamento sobre o motivo de seu uso.

O que se observa na prática é que, apesar dos pontos negativos apresentados, existem também pontos positivos em sua adoção, tais como:

  • Utilização para atividades de controle operacionalo orçamento empresarial tem diversas funções que vão desde suportar o processo de planejamento e apoio à tomada de decisão até controle no nível mais granular, ou seja, de operações de dia a dia através da gestão de verbas orçamentárias. Os valores inseridos neste controle costumam ter origem no orçamento estático;
  • Parâmetro para acompanhamento da expectativa dos investidores: em grandes organizações as projeções orçamentárias são derivadas do planejamento estratégico, o qual é discutido e negociado com o conselho/investidores. A sua projeção representa a expectativa destes quanto à geração de resultado como consequência do investimento no negócio. A manutenção dos valores orçados de maneira fixa é a referência para que se possa avaliar se a operação está ocorrendo de acordo com os compromissos assumidos;
  • Base para a avaliação de desempenho: também derivado da expectativa do conselho/investidores, são estabelecidas metas e indicadores de desempenho para os gestores da organização. O objetivo é que exista incentivo e coordenação das ações para que as expectativas definidas sejam atingidas. Desta maneira, a manutenção das projeções originais se torna importante para a avaliação de desempenho destes executivos e para a definição de suas remunerações variáveis;
  • Identificação de desvios de planejamento: o acompanhamento da evolução dos resultados da empresa em relação ao orçamento original permite que  sejam identificados desvios em relação à estratégia definida, possibilitando a sua análise e eventual correções;
  • Identificação de falhas nas avaliações para projeção: a manutenção dos valores originais também permite que, sendo encontrados desvios significativos, possam ser elaboradas análises para identificar falhas nas projeções originais e melhorar o processo de planejamento no futuro;
  • Maior controle de gastos: a manutenção de verbas orçamentárias fixas permite um melhor controle da alocação de recursos, pois qualquer desvio em relação estabelecido no planejamento anual pode ser identificado e, dependendo de sua relevância, justificado.

Deve-se observar que as justificativas das as variações de gastos derivadas do acompanhamento do orçamento estático devem ser tanto para excessos quanto para economias, pois há uma série de análises gerencias que devem ser realizadas a partir destas observações

Como se pôde observar, apesar das críticas, existem diversos outros pontos que podem justificar a utilização do orçamento estático.

A adoção de uma estrutura orçamentária não é escolha excludente entre os diversos tipos de orçamento empresarial.

O que se observa na prática é a utilização de mais de um tipo, de acordo com as características do negócio ou modelo de gestão adotado. Além disso, deve-se ressaltar que cada um deles tem a sua indicação, sendo o importante conhecer as suas características e avaliar a necessidade específica do negócio para adotar a combinação que faça sentido.

Em diversas empresas é utilizado o orçamento estático em conjunto com o Forecast e o Rolling Forecast, pois cada um tem a possibilidade de fornecer informações sobre o negócio sobre perspectivas distintas.

Também podem ser encontradas empresas que utilizam tanto o orçamento estático quanto o flexível, ou mesmo uma combinação de orçamento Base Zero com o Matricial.

Esta utilização conjunta de diversos tipos de orçamento explica o fato de, apesar de serem apontadas falhas na utilização do orçamento estático, o mesmo continua sendo um dos principais em uso pelas empresas.

 

Sobre o autor:

Louremir Reinaldo Jeronimo é  Doutor em Administração de Empresas pela Escola de Administração de Empresas de São Paulo, da Fundação Getulio Vargas – FGV EAESP. Professor convidado dos cursos de MBA do FGV Management e FGV In Company (Saiba mais)

 

Artigos relacionados:

Os Dez Tipos de Processos e Orçamentos Empresariais

Fator Limitante Orçamentário – Por onde deve ser iniciado o orçamento empresarial?

O orçamento empresarial e o seu papel

Melhorando o planejamento e controle de gastos com o Orçamento Matricial

Como o Orçamento Flexível pode corrigir equívocos no acompanhamento real versus orçado

O orçamento Base Zero (OBZ) e suas características

No ciclo orçamentário, o que significa Budget, Forecast e Rolling Forecast?

Por Que Justificar Reduções de Gastos no Orçamento Empresarial?

 

Anúncios

5 respostas »

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s